SSX 3 é uma maravilha via retro – e está ainda melhor no Xbox One X

Na PS2, SSX3 corre a 512×448, e a 640×480 na Xbox. Na Xbox One, a resolução aumenta 4x para 1280×960 na Xbox One S e 16x na Xbox One X, onde corre a 2560×1920. Está incluído suporte para widescreen, o emulador estica a imagem horizontalmente, apresentando pixeis rectangulares. Apesar da imagem perder nitidez com este processo, o resultado é mais nítido do que antes. Na verdade, o aumento da resolução pode ser tão significativo que realça as falhas nos visuais – os céus em baixa resolução não ficam bem em resoluções superiores.

A interface em si também é variável – alguns aspectos usam vértices ou geometria, gerados correctamente em alta resolução. No entanto, outras porções usam arte de baixa resolução que não ficam bem em ecrãs modernos. As cinemáticas de baixa qualidade não ajudam nada. Também é curioso ver que a versão Xbox não tem o subtil efeito de brilho presente na PS2 – mas tudo o resto mostra melhorias e a nova versão enhanced é claramente a melhor versão.

Tudo graças à performance. A performance de SSX3 não é tão estável quanto desejado no original. Na PS2, varia imenso. Usa um esquema de v-sync com duplo buffer, salta entre 30 e 60 fotogramas por segundo, dependendo da cena. A maioria das pistas ficam perto dos 60fps, com quedas ocasionais, mas a pista na cidade corre muito mal na PS2. A versão Xbox original mostra uma performance superior, mas a mesma área na cidade manda-o para 30fps – não é bom. Esta área sempre incomodou, significa que SSX 3 nunca foi completamente suave.

Tudo muda na Xbox One. No modelo X corre a 60fps na maioria do tempo. Existem pequenos soluços ocasionais, mas está fixa a 60fps. Transforma por completo as cenas mais exigentes. É fantástico poder descer a montanha sem quedas na performance. Quando combinas a resolução superior com a performance super estável, é o mais suave que alguma vez esteve. O rácio de fotogramas é muito importante num jogo como este – é uma desilusão as sequelas terem optado por 30fps

FONTE:eurogamer.pt

Siga o nosso canal no mixer

Nosso Twitter

%d blogueiros gostam disto: